Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ode à rotina

sobre o feio e o bonito. a minha rotina é ler.

 

Sinopse: 

Rose Hathaway's life will never be the same. 

The recent attack on St. Vladimir's Academy devastated the entire Moroi world. Many are dead. And, for the few victims carried off by Strigoi, their fates are even worse. A rare tattoo now adorns Rose's neck, a mark that says she's killed far too many Strigoi to count. But only one victim matters ... Dimitri Belikov. Rose must now choose one of two very different paths: honoring her life's vow to protect Lissa—her best friend and the last surviving Dragomir princess—or, dropping out of the Academy to strike out on her own and hunt down the man she loves. She'll have to go to the ends of the earth to find Dimitri and keep the promise he begged her to make. But the question is, when the time comes, will he want to be saved? 

Now, with everything at stake—and worlds away from St. Vladimir's and her unguarded, vulnerable, and newly rebellious best friend—can Rose find the strength to destroy Dimitri? Or, will she sacrifice herself for a chance at eternal love?

 

Review:

Este volume da série Vampire Academy deixou muito a desejar. Depois do final intenso do volume anterior, eu estava com expectativas altas.

A verdade é que este livro teve camadas e camadas de tell, em vez de show. Senti que a autora tentou despejar demasiada informação e backstory ao mesmo tempo.

O ritmo lento não contribuiu muito para o meu nível de entusiasmo e fiquei desnorteada com a quantidade de personagens novas, a maior parte delas perfeitamente dispensável.

Certas partes do livro são definitivamente mais sombrias do que vi nos primeiros livros. A situação do cativeiro, em especial, custa bastante a digerir. E enquanto os sentimentos da Rose fazem sentido nalguns pontos, enfureceu-me que ela continuasse a hesitar constantemente e mesmo a perdoar os abusos que sofreu. Um bocadinho de Síndrome de Estocolmo?

O Dimitri strigoi irritou-me. Acho que tentou dar uma de Angelus, mas não conseguiu. Parte de mim vai sempre perguntar-se se não era melhor tê-lo simplesmente morto e, a menos que o destino dele faça muito sentido para o resto da história, manterei a opinião.

Ainda assim, nem tudo foi mau. A Lissa evoluiu enquanto personagem e a descoberta dos Alquimistas foi algo interessante.

Pontos extra para a luta final que foi, definitivamente, a situação mais interessante do livro.

 

Classificação:

3 out of 5 stars

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.